Fotografia: uma arte atemporal que eterniza o presente!


(Designer na Atemporale Design) ago 19, 2016

Fotografia: uma arte atemporal que eterniza o presente!

"O "click" é uma tentativa de eternizar o que se ama. Se permanece na mente por muito tempo, mais que outras coisas, significa que é o momento certo..."

Não é científico. Não sou fotógrafa profissional, mas faço parte da grande maioria das pessoas viciadas em fazer milhões de “cliques”. Confesso que não sou muito de selfies, mas já cheguei a fazer mais de 700 fotos em um dia! Algumas pessoas pensam que essa grande quantidade de cliques não é proporcional à qualidade. Muitas vezes isso pode ser verdade, mas essa corrente de pensamento também diz que essa grande quantidade “banaliza” demais a fotografia.

(Imagem: Dali Atomicus, photo by Philippe Halsman (1948) Encontrada em Dali Atomicus.

Não é científico. Não sou fotógrafa profissional, mas faço parte da grande maioria das pessoas viciadas em fazer milhões de “cliques”. Confesso que não sou muito de selfies, mas já cheguei a fazer mais de 700 fotos em um dia!

Algumas pessoas pensam que essa grande quantidade de cliques não é proporcional à qualidade. Muitas vezes isso pode ser verdade, mas essa corrente de pensamento também diz que essa grande quantidade “banaliza” demais a fotografia.

Pensando em uma outra perspectiva...

Pergunto-me:
Não seria justamente essa dita “banalização” responsável por fazer com que a fotografia seja atemporal?
Não seria a fotografia uma necessidade humana de querer permanecer no tempo, persistir na memória para “eternizar” a vida?


Lomo Color Splash

(Lomo Color Splash. Uma das queridinhas para quem è fan de cameras analógicas.)


Deixo a palavra a um profissional...

Perguntamos a Smerio, fotógrafo italiano:

1.Para você, a fotografia é atemporal?

A fotografia é fora do tempo se falamos do “meio” utilizado para interpretar o que está ao nosso redor. Definitivamente, existem centenas de modelos de câmeras fotográficas ultra perfeitas com boa reprodução de imagem. Entretanto o “meio expressivo” (forma de expressão) é individual e nenhum modelo novo de máquina fotográfica pode propor isso como único (senão a nível comercial.). A prova disso é a revalorização das câmeras analógicas.

Quanto a fotografia como “meio de expressão”, cada um tem uma opinião. A fotografia será sempre atemporal enquanto existirem pessoas que tenham vontade de extrair a “urgência” que vai além das linhas habituais. Bastaria simplesmente um clique decidido e cheio de sensações sem se deixar influenciar por uma foto já vista.

2. Quando se realiza um "click", este pode ser inspirado em uma filosofia ou corrente artística?

O "click" é uma tentativa de eternizar o que se ama. Se permanece na mente por muito tempo, mais que outra coisa, significa que é o momento certo. Para mim, a única filosofia na fotografia é aquela dada pela própria percepção que se alcança sozinho e que não poderá ser entendida por ninguém. Porém, essa percepção deve ser feita somente se para você mesmo, ela tenha sentido.[...]

"Va bene", a arte é incomunicável. Pessoalmente, quando eu admiro um artista procuro copiar suas manias. Depois de ter compreendido algo da sua beleza, deixo-o ir para assim tentar estradas diferentes, acrescentando a minha contribuição entre tantos gritos.

Contudo, isso é complicado. Especialmente porque o que está em jogo é muito dinheiro. No final se vêm modelos curvadas como se tivessem com dor de barriga, ou dobradas de um lado, idênticas em todas as capas de revistas feitas por fotógrafos de certa importância. Acredito que iss é o suficiente para tirar conclusões. Deveríamos voltar a “brincar”. Ter uma consciência de criança (inocente e ousada) para não cair na usual apatia. Isso é o que eu tento seguir.


A opinião de Smerio é bem particular. Realmente vemos muitas fotos iguais hoje. Uma foto pode ser apenas uma foto ou pode ganhar status de arte. Depende do sentido, da técnica e do “quê” poético que se consegue registrar no instante do click.

Hoje, 19/08, comemora-se o dia mundial da fotografia por ter sido nesse dia, em 1839, apresentado oficialmente ao mundo o daguerreótipo.

Quase dois séculos depois o fascínio de interpretar cada momento é mais popular do que nunca. Por isso, a fotografia será sempre uma arte atemporal que eterniza o efêmero presente!

E para você? A fotografia é realmente atemporal? Compartilhe nos comentários o que você pensa.

Caso tenha gostado, compartilhe! Isso nos dá mais força para continuar a preparar conteudos. Se quiser ser avisado sempre que um artigo novo for para o ar inscreva-se aqui.


A opinião de Smerio é bem particular. Realmente vemos muitas fotos iguais hoje. Uma foto pode ser apenas uma foto ou pode ganhar status de arte.

Depende do sentido, da técnica e do “quê” poético que se consegue registrar no instante do click.
Hoje, 19/08, comemora-se o dia mundial da fotografia por ter sido nesse dia, em 1839, apresentado oficialmente ao mundo o daguerreótipo.

Quase dois séculos depois o fascínio de interpretar cada momento é mais popular do que nunca. Por isso, a fotografia será sempre uma arte atemporal que eterniza o efêmero presente!

E para você? A fotografia é realmente atemporal? Compartilhe nos comentários o que você pensa. Caso tenha gostado compartilhe com seus amigos! Se quiser ser avisado sempre que um artigo novo for para o ar inscreva-se aqui.

Carollina Li

Olá! Nasci no dia de Dalì, com a lua em touro e mania de intensidades. Estas as prático junto a uma miríade de coisas que amo. Graduei-me em Design pela UEMG e no Politecnico di Torino-Itália fiz um "Master of Science" em Ecodesign. 

Então, para dar sentido ao meu universo atemporal (e colocar em prática todo o aprendizado adquirido)  design é o que amoooo fazer e o faço com muito entusiasmo e dedicação para criar mundos de possibilidades, em espaços reais e virtuais. :) 

Texto: Carollina Li
Revisão do texto: Carla Alvim

Entrevista original em lingua italiana.
Tradução para o português: Carollina Li.

O nosso muito obrigada a Smerio que gentilmente concedeu a entrevista. Licença Creative Commons
Este conteúdo está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.


Publicado em Fotografia ago 19, 2016